Friday, December 2, 2011

O que eu quero

Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós (Mateus 7:12a).
Hoje me lembrei dessa passagem... Quão difícil é para nós sairmos de nossa posição de vítima, de "ninguém me entende", ou de "eu não fiz nada para ser tratado dessa maneira..." 
Olhar para dentro de nós mesmos e reconhecer que não somos essas pessoas perfeitas que gostaríamos, dói. E muitas vezes, aliás, a maioria das vezes, preferimos olhar o que o outro fez de errado, para então nos justificarmos...
Se quero ser amada, devo amar.
Se quero ser respeitada, devo respeitar.
Se quero ser ouvida, devo ouvir.
Se quero ser reconhecida, devo reconhecer.
Se quero ser bem tratada, devo tratar bem.
Se  quero receber, devo dar!
Aprendi algo: antes de condenar alguém, devo fazer uma pesquisa profunda dentro de mim, em meu comportamento diante dos outros, e identificar onde preciso mudar, onde errei, onde devo me humilhar... Depois com certeza não vou encontrar muitas justificativas para condenar quem quer que seja.

No comments:

Post a Comment