Wednesday, December 28, 2011

Fiquei com medo

     O medo é uma sensação que faz parte de nossa vida desde que nascemos. Já notou como um bebê chora quando algo diferente do que está habituado acontece?
    Nós nascemos para estar em controle. Nós fomos feitos para dominar.  "Deus os abençoou, e lhes disse: "Sejam férteis e multipliquem-se! Encham e subjuguem a terra! Dominem sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se movem pela terra". 
Gênesis 1:28"   Está em nosso DNA.
     Mas quando Adão dominava sobre os animais da terra ele tinha um relacionamento íntimo, pessoal com Deus. Ele falava com Deus todos os dias. "Ouvindo o homem e sua mulher os passos do Senhor Deus que andava pelo jardim quando soprava a brisa do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus entre as árvores do jardim."(Gênesis 3:8) 
      Mas infelizmente as coisas não ficaram assim. Adão pecou. Desobedeceu a Deus." E ele respondeu: "Ouvi teus passos no jardim e fiquei com medo, porque estava  nu; por isso me escondi"( Gênesis 3:10). 
    Adão sabia que havia feito algo errado, e sentiu medo. Esta deve ter sido a primeira vez que Adão sentiu medo... Ele não estava mais em controle, não sabia o que iria acontecer... 
   Depois que Adão e Eva desobedeceram a Deus e foram expulsos do Paraíso, o relacionamento com o Senhor se quebrou. Não havia mais intimidade. Não havia mais a segurança de estar no Jardim de Deus.
     Mas mesmo assim o sentimento de domínio, de controle não foi perdido. Ele continuou a existir, continuou a trabalhar como antes. Mas agora eram passos no escuro... 
     O medo é uma compania constante quando tentamos nos fimar em nossas habilidades, em nossa capacidade de controlar, e nosso desejo de dominar. Ficamos aterrorizados quando percebemos que não podemos prever o que acontecerá, quando nos sentimos no escuro...
    Mas esse mesmo medo desaparece quando 
permitimos que Deus assuma o controle, quando           
nos deixamos ser tocados pelo Espírito Santo,           
confiando que Deus tem o melhor para nós, 
porque a Palavra dEle diz que Ele tem...  
Um relacionamento íntimo com Deus quebra 
todas as barreiras que o inimigo coloca em 
nossas vidas! Para vivermos um vida livre de
 medos, temores, ansiedades temos que buscar
 ao Senhor de todo o coração, alma e entendimento. 

Todavia, como está escrito: "Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam"; (1 Coríntios 2:9)
Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de você. (1 Pedro 5:7)

Tuesday, December 27, 2011

Marcando uma consulta


E, quando estiverdes orando, perdoai, se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas. Marcos 11:25
Falar de perdão é um negócio complicado... E dolorido... Se temos que perdoar é porque alguém fez algo contar nós, algo que nos feriu... E quando temos que perdoar alguém nos sentimos ainda mais feridos e encostados na parede porque o que queremos, na verdade, é que um raio caia na cabeça daquela pessoa sem caráter, sem amor, mentirosa, traiçoeira, pedante, manipuladora, maldizente, fofoqueira, sem piedade, sem misericórdia, egoísta, e...  Nossa! Todos esses adjetivos juntos mais a própria pessoa já dá para encher um saco bem grande... E colocamos esse saco nas costas, e todas as vezes que nos lembramos da pessoa e do acontecido damos uma revirada naquele saco para admirar os sdjetivos, porque pode ser que esteja faltando um... Mas carregamos o saco para onde quer que vamos...
Que vida!
E a quem perdoardes alguma coisa, também eu; porque, o que eu também perdoei, se é que tenho perdoado, por amor de vós o fiz na presença de Cristo; para que não sejamos vencidos por Satanás; 2 Coríntios 2:10
Carregar o fardo da mágoa, da falta de perdão, pela vida a fora é um trabalho extremamente cansativo, penoso... Carregar esse fardo causa dores... nas costas, nas pernas, no peito, na alma... Nos faz andar com a postura errada, encurvando nossa coluna, e nos tornando deformados...  E é tão triste ver pessoas deformadas fisicamente, mas é muito pior ver pessoas deformadas emocionalmente, espiritualmente...
Jesus é o nosso psicólogo-fisiterapeuta! Só ele sabe exatamente onde está a nossa dor, qual a causa dela e como podemos nos tornar livre desse fardo!  Dar uma passadinha rápida no consultório dEle já te deixar melhor... Fazer o tratamento todo vai curá-lo para sempre!
Você pode marcar sua consulta agora mesmo!

Tuesday, December 20, 2011

Escolhas

O que mais tem sido latente em meu coração nesses dias são as atitudes que temos em nosso dia-a-dia... Percebo o quanto é fácil para nós nos justificarmos por causa de nossas atitudes indevidas...
A Bíblia é o nosso guia, nosso manual, não de sobrevivência, mas de vida em abundância! Por que será que não enchergamos dessa forma? Por que será que insistimos em continuar vivendo dentro de nossos "achismos", e continuamos batendo a cabeça na parede? 
Nossas atitudes influenciam em nosso dia-a-dia, em nossos relacionamentos, nossa qualidade de vida...
Não existe outra maneira de viver, de servir a Deus, de ser abençoado se não obedecermos a Palavra dEle, os mandamentos dEle.
"Pensem nisto, pois: Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado".(Tiago 4:17)
É uma questão somente de escolha! Escolher obedecer ou não. Escolher viver ou não... E de usufruir das consequências de nossa escolha! 
Se escolho fazer o bem vou ser agraciado com a presença santa, renovadora, purificadora de Cristo!
 "Quem tem os meus mandamentos e lhes obedece, esse é o que me ama. Aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me revelarei a ele".(João 14:21)
Se escolher viver em meus próprios caminhos também terei que viver com o resultado dessa escolha.  E o resultado é a distância de Deus, da Vida!
"Se alguém se recusa a ouvir a lei, até suas orações serão detestáveis".(Provérbios 28:9)
Hoje é um dia de escolha!  Escolha a vida! Escolha conhecer a Deus mais e mais, a cada dia, em profundade, em verdade, em vivência!
"Assim diz o SENHOR à nação de Israel: "Busquem-me e terão vida".(Amós 5:4)

Monday, December 19, 2011

Ahhh... O Amor...

Ahhhh (esse foi um suspiro)... O amor!...
O amor é um sentimento lindo! Um sentimento que quebra barreiras, abre portas, cria situações inesquecíveis!  Poetas e apaixonados falam sobre ele... E de tempos em tempos somos incetivados a demonstrar o amor às pessoas, etc e tal...
Mas o amor é aprendido. ele não acontece num piscar de olhos. Ele não aparece em nosso coração assim, sem mais nem menos...  E ele tem várias faces...
"Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3:16)
Esse amor de Deus por nós é incondicional! Sem limites! Sem explicação racional!
"O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros como eu os amei". (João 15:12)
Esse é o mandamento dEle para nós. Temos que amar uns aos outros como ele nos amou...  AHHHH! (Esse foi um grito!)
Você consegue fazer isso?? Confesso que eu tento, mas às vezes não tenho tido muito sucesso...
Mas então pensei: como posso coneguir fazer algo, obedecer um mandamento, se não sei bem como ele é, o que devo fazer?..
Ok. Vamos para a Palavra então, e aprender sobre esse sentimento do qual Jesus fala, e começar a colocá-lo em prática.
1 Coríntios 13: 4-7
"O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.
Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.
O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta".

É isso que Jesus tem falado conosco: meu amor ao próximo é demonstrado através de atitudes que mortificam a minha carne... Como Ele morreu por nós...
Se o amor que digo ter, sentir, não for assim, não é amor.

Sunday, December 18, 2011

Vontade de Deus

Obedecer a Deus não é fácil... Fazer a vontade dEle não é fácil... Tudo o que nossa carne quer é ser agradada. Achamos justificativas e razões muito densas para não obedecermos à Palavra de Deus.
Será que se obedecer a Deus fosse somente dar três pulinhos nós  faríamos??
Claro que não.
Porque a nossa carne se contaminou com rebeldia quando Adão pecou no Paraíso. Ficamos contaminados em nosso DNA...  Por isso nos recusamos a obedecer os mandamentos do Senhor.
A primeira oração que ensinei meu filho a fazer foi: "Senhor Jesus, perdoe meus pecados". Claro que com 2 anos de idade ele não tinha cometido pecados, e nem sabia o que era isso, mas minha intenção foi ensinar a ele que  "todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus" (Romanos 3:23), mas "o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado". (1 João 1:7)!
Nossa oração diária deve ser essa: Senhor, perdoa meus pecados! Porque todos os dia erramos, querendo ou não... Essa é a nossa realidade!  "Um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás". (Salmos 51:17 )
Todos queremos viver uma vida de vitória, de bençãos, de alegria e paz. Devemos começar reconhecendo o quanto precisamos de Deus, de Jesus Cristo! O quanto precisamos se limpos! Devemos começar querendo em nosso coração, verdadeiramente, obdecer a Palavra.
Não é facil mas "o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis". (Romanos 8:26 ).

Saturday, December 17, 2011

Adeus ano velho!

Mais um ano que se vai...  Mais histórias que foram escritas, mais amores que surgiram, mais dores sofridas, mais esperanças nascidas...
Quando um ano se acaba eu sempre tenho uma sensação de alívio, porque o coração se enche de esperança de que no próximo ano tudo será novo e diferente! De que conseguirei realizar os planos e projetos que tenho guardado a anos... De que conseguirei agir diferente nas situações, de que tudo será mais fácil, de que eu poderei fazer...
A alguns  anos atrás Deus me deu um verso de sua Palavra que fez toda a diferencá em minha vida... Era o início de um novo ano...
 Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Romanos 8:28   
Esse verso foi tudo o que precisei para viver aquele ano! Todas as vezes que meu coração queria se desesperar por algo que estava acontecendo, por algo que eu não podia fazer nada para mudar, o Espírito Santo me fazia lembrar desse verso! E meu coração se acalmava e novamente a fé brotava! Eu me lembrava: Hey! Eu amo a Deus! Sou filha dEle!
Pois o Senhor é bom e o seu amor leal é eterno; a sua fidelidade permanece por todas as gerações. Salmos 100:5  
A fidelidade de Deus para conosco é inexplicável! Seu amor transcende todo entendimento! Ele cuida dos filhos dEle com um cuidado que não compreendemos, e por isso, às vezes,  não aceitamos... E insistimos em viver uma vida onde queremos resolver tudo, onde tentamos carregar todos os fardos, e desfalecemos no final..
Neste novo ano se deixe ser cuidado por Deus, nosso Pai! Entregue-se totalmente aos cuidados dele, permitindo que ele o encha com seu Santo Espírito!  Se dê  chance de viver um Ano Novo numa dimensão de novidade, felicidade, paz, reallizações e crescimento como nunca antes!

Friday, December 16, 2011

Misericórdia!

O meu coração tem sido incomodado ultimamente sobre relacionamentos, convivência, os nosso próximos...
Uma palavra tem sido ressaltada em minha mente: misericórdia.
Ter misericórdia é um dos exercícios mais difíceis de realizarmos em nossa vida cristã! Principalmente com aqueles que estão perto... Porque os que estão perto não conseguem manter uma fachada por muito tempo, e acabamos vendo aquele lado não muito agradável da pessoa... E fica extremamente difícil ser misericordioso com alguém que pisou na bola um milhão de vezes, que fez da vida uma meleca, que não ouviu nossos conselhos, que acha que é o "rei da cocada", que mentiu, que traiu, que falou mal, que fez coisas absurdas!...
A misericórdia não existe sem amor.
 ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Não existe mandamento maior do que estes". Marcos 12:31
Pelo menos 10 vezes é repetido na Palavra: "Ame ao seu próximo como a si mesmo".
É tão fácil amar a nós mesmos... É tão fácil ser misericordioso com a gente mesmo... Afinal, nós temos as justificativas mais "justificáveis" para nossos erros, pisadas na bola... Não tem necessidade de sermos tão duros porque TODO mundo erra!...
Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo. Efésios 4:32
Deus nos conhece melhor que nós mesmos... Ainda assim Ele escolheu derramar sobre nós seu amor e misericórdia... Merecer não merecemos mesmo!
Deus quer, e nos manda, que sejamos parecidos com Ele. E vamos começar caminhando nessa direção quando começarmos a mudar o nosso coração e obedecer a Palavra dEle plenamente... Provavelmente vamos passar o resto dos nossos dias fazendo isso, mas a cada dia de vitória mais perto dEle estaremos!

Thursday, December 15, 2011

E quem falou?...

E quem falou que a vida é fácil?
E quem falou que mudar é fácil??
Não é fácil... Dói... Exige muito esforço...
Quando decidimos que vamos viver uma vida diferente em algum aspecto, pode ter certeza de que tudo o que pode acontecer para te manter do jeito antigo vai acontecer, e em dose dupla!
Eu decidi ser uma pessoa melhor, diferente,  decidi vencer um a um meus temores, decidi que quero deixar o passado no passado, e decidir que quero sempre optar por fazer o certo... Ok... Mas, então.
Que trabalho duro é esse, meu Deus! Ah! Deus! É isso! Deus!
"E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis". Romanos 8:26
Ahá! Mesmo que o inimigo tenta fazer a gente se sentir a pior das pessoas, e daí desistir do nosso propósito, Deus está do nosso lado! Quando Deus entra na história, acabaram as "gracinhas do inimigo"!
Eu não posso fazer nada de mim mesma, mas com Deus a conversa é outra!  
"Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece". Filipenses 4:13

Wednesday, December 14, 2011

Água no deserto

Tem dias em que a gente se perde no meio de tantas opiniões, e "achismos", e rótulos... Cansa...
E daí começa,os a acreditar que realmente somos aquilo que ouvimos, e que na maioria das vezes não é nada bom... Aliás, ouvir e falar algo de bom sobre alguém é algo raro, como água no deserto, nos dias de hoje. Tudo o que ouvimos, recebemos e falamos é aquilo que ressalta o negativo.
Vou contar algo: não precisamos ouvir ou falar sobre o negativo, porque o diabo já se encarrega de fazer isso na vida de todos nós!
Mas precisamos e podemos ser essa água no deserto, e fazer diferente: ressaltar aquilo que é positivo na vida do outro. Falar, sem constrangimento, o quanto o outro é bom em algo! O quanto você o admira! Não se preocupe se o outro te olhar com os olhos arregalados, totalmente surpreso por ouvir algo de positivo... Isso vai fazer você se sentir bem e o o outro também!
Podemos ser diferentes! Fazer diferente! Ser como Jesus... que, definitivamente, não se encaixava na multidão, mas, por ser diferente, a multidão o seguia...
Quero ser água no deserto, refrescante, que traz vida, esperança... Porque o Espírito Santo habita em mim eu posso ser!...


Wednesday, December 7, 2011

Totalmente vazio

Quando começamos um projeto novo, tem sempre aquele tempo em que tudo parece se desvanecer... As idéias, os objetivos... Parece que a gente se esquece o que tinha planejado, o que deveria fazer, qual seria o próximo passo...
Me senti assim nesses últimos dias... Mas hoje, percebi que Deus me falava algo que eu nunca tinha ouvido antes: O vazio, o nada é exatamente o que Deus precisa pra continuar a trabalhar em minha vida!
Tenho que estar vazia de mim! Tenho que ter "nada meu" para que Ele possa agir!
Fantástico!
E óbvio. Para que um container possa ser cheio, ele precisa, antes, estar vazio... Totalmente vazio... Porque se estiver cheio com alguma coisa, o que será colocado nele não será mais puro, original...
Deus é tão bom que até o nada se transforma em algo que glorifica a Ele!
Tremendo!
Encha-se a minha boca do teu louvor e da tua glória todo o dia. Salmos 71:8


Monday, December 5, 2011

Um plano de Mestre!

"Contudo foi da vontade do Senhor esmagá-lo e fazê-lo sofrer, e, embora o Senhor faça da vida dele uma oferta pela culpa, ele verá sua prole e prolongará seus dias, e a vontade do Senhor prosperará em sua mão." (Isaías 53:10)


A cruz não foi um acidente.
A morte de Jesus não foi o resultado de pânico, elaborado nos cosmos. A cruz não foi foi uma surpresa trágica. o Calvário não foi uma ação de despero para salvar um mundo que caía na destruição. Não foi uma ação de de "recapiamento"...  A morte do Filho de Deus não foi uma atitude decidida de última hora.
Não, foi parte de um plano. Foi uma escolha calculada.   "... foi da vontade do Senhor esmagá-lo..." 
A cruz foi desenhada num projeto original.  Aconteceu dentro de um script. No momento em que o fruto proibido tocou os lábios de Eva, a sombra da cruz surgiu no horizonte. E entre aquele momento e o momento em que os pregos foram cravados sobre o  corpo de Cristo, um plano de Mestre veio a ser realidade!
(God came near  Max Luccado)

A morte de Jesus por nós não foi aceidental, não foi decidida de supetão, não foi um ato de desespero! Foi um ato de profundo amor de Deus para  conosco!

Friday, December 2, 2011

O que eu quero

Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós (Mateus 7:12a).
Hoje me lembrei dessa passagem... Quão difícil é para nós sairmos de nossa posição de vítima, de "ninguém me entende", ou de "eu não fiz nada para ser tratado dessa maneira..." 
Olhar para dentro de nós mesmos e reconhecer que não somos essas pessoas perfeitas que gostaríamos, dói. E muitas vezes, aliás, a maioria das vezes, preferimos olhar o que o outro fez de errado, para então nos justificarmos...
Se quero ser amada, devo amar.
Se quero ser respeitada, devo respeitar.
Se quero ser ouvida, devo ouvir.
Se quero ser reconhecida, devo reconhecer.
Se quero ser bem tratada, devo tratar bem.
Se  quero receber, devo dar!
Aprendi algo: antes de condenar alguém, devo fazer uma pesquisa profunda dentro de mim, em meu comportamento diante dos outros, e identificar onde preciso mudar, onde errei, onde devo me humilhar... Depois com certeza não vou encontrar muitas justificativas para condenar quem quer que seja.